07/04/2008

China e Tibete no parlamento português

PUBLICO - Petição com 11 mil assinaturas pede ao Parlamento para condenar violência no Tibete


-Será previsivel que o PS permita apenas uma declaração vaga, genericamente apelando a princípios universais de paz e boa vontade, algo inócua para não irritar a embaixada chinesa em Lisboa, que ainda assim bem será capaz de enviar ao governo uma nota de protesto. Veremos quem tem coragem política, e quem não tem, do PCP nada haverá a esperar, os restantes partidos da esquerda á direita, será um caso a analisar. O que já não merece dúvidas, é que os J.O. estão a colocar embaraços ao governo chinês, o que não favorece de todo os negócios, as exportações, e o crescimento da economia chinesa. Protestos internacionais cada vez mais fortes, uma crescente contestação interna, que o governo terá muitas dificuldades em reprimir, pelo menos de imediato, e antes dos J.O., fazem muito mais pelos tibetanos, e pelos próprios chineses, do que qualquer eventual boicote. Hoje foi Paris, outras cidades se seguirão. Será que os nossos governantes continuam agachados de forma subserviente, ou escutam o povo?

3 comentários:

São disse...

Coloco a mesma questão!
Pago para ver que atitude terão os nossos eleitos!!
Semana feliz.

SILÊNCIO CULPADO disse...

António Almeida

A minha previsão é que se agacham até não haver mais chão.
Abraço

Tiago R. Cardoso disse...

Simplesmente iram assobiar para o lado...