26/09/2007

Felizmente não sou militante do PSD

Ou teria visto levantado o meu sigilo bancário?

-Já ontem noutro post sobre as eleições no PSD deixei no ar a pergunta como poderá ter sido detectado terem sido pagas quotas no multibanco pela mesma pessoa, quando a SIBS não informa o número de cartão ou a conta que efectua um pagamento num terminal ATM? O assunto é contudo demasiado grave, neste caso pouco me importa se existiram ou não pagamentos em massa, se têm ou não as quotas em dia, o que na verdade conta é saber quem forneceu tais dados, a SIBS? o banco onde terá o PSD conta domiciliada no que aos recebimentos diz respeito? Que eu saiba em Portugal a única entidade que pode determinar o levantamento do sigilo bancário será um juiz de direito, e mesmo assim apenas mediante estarem reunidos determinados pressupostos que configurem a possibilidade de existência dum crime, pelo que a confirmar-se esta notícia que retirei do JN, estatremos perante violação da legislação da república portuguesa, algo intolerável num estado de direito, que deverá em meu entender justificar uma investigação por parte do ministério público. O PSD não está acima da lei, os bancos e a SIBS também não, se apuraram a origem dos pagamentos, fizeram-no ilegalmente, então apurem-se responsabilidades e retirem-se consequências, e não apenas políticas.

2 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Que mais nos irá acontecer? É a descredibilização completa.

espumante disse...

Começo a experimentar um sentimento de orfandade. Geneticamente recuso-me a votar no PS. E com esta pantomina do PSD... voto em quem?
É um total descalabro