05/11/2007

Juntas médicas caiem no ridículo

PÚBLICO-Finanças ainda estão a avaliar situação da funcionária pública

-A situação financeira que se vive na segurança social, tem levado ao aparecimento de situações manifestamente inacreditáveis, diria mesmo ridiculas, os caso ocorridos recentemente com professores, e agora com a funcionária pública, Ana Maria Brandão, são prova do funcionamento anedótico das juntas médicas, as quais, certamente por orientação superior, procuram evitar a todo o custo a aposentação de mais funcionários, mas pecam por um zelo excessivo, o qual deixa indignados todos os cidadãos deste país. Seria interessante, deixarmos de culpar as juntas médicas em abstracto, e publicar a sua composição, eu por exemplo, gostaria muito de saber, quem foram os senhores que constituiram a junta médica que avaliou a sra Ana Maria Brandão, que qualificações possuem, e os fundamentos da sua decisão, até porque na qualidade de contribuinte, sou eu, que pago os vencimentos a tais senhores, e creio poder afirmar, que não estão a desempenhar bem as funções, logo o meu dinheiro estará a ser mal empregue, isso preocupa-me, e mais, gostaria de saber no final do ano, os resultados da avaliação de desempenho que a hierarquia irá atribuir a estes senhores, e se os mesmos não deveriam ser enquadrados na lei da mobilidade, já que nas actuais funções, manifestamente são ineficazes. Claro que estou a presumir que estes senhores que constituiram a junta médica, actuaram com independência, porque se eventualmente existisse um inquérito, o que seria imediatamente realizado se Portugal não fosse uma república das bananas, e se viesse a provar que estes senhores, afinal limitam-se a cumprir ordens, talvez pudessem beneficiar de atenuantes, mas aí quero saber quem é o responsável por esta e outras imbecilidades.

2 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

Antigamente qualquer um tinha direito a invalidez e agora é recusada a toda a gente, passamos de uma ponta à outra sem parar no meio.

Blondwithaphd disse...

I would too! (that is: I would also like to know who's responsible for such irresponsibility, but, knowing this country as I think I do, this will remain a secret to our dying days). SHAMEFUL! One of these days we'll be working with Alzheimer's and our brain dead politicians think it is just a normal consequence of extended longevity.