15/03/2008

Porque não proibir a imbecilidade legislativa?

Correio da Manhã-Segurança: Governo avança com esterilização de cães
Extintos por decreto


-O governo socialista não pára na sua fúria reguladora. Depois da lei do tabaco, enquanto no partido já existe quem pretenda regular algo tão individual, como a colocação de piercings, vem agora o ministro da Agricultura anunciar medidas, que mais não representam que a extinção a prazo, de 7 raças de cães, classificados como potencialmente perigosos. Todos sabemos que existem em Portugal lutas de cães clandestinas, organizadas em bairros problemáticos, nos arredores das cidades de Lisboa e Porto, assim como existem pessoas que utilizam estes cães como armas, para os mais diversos fins. Como forças policiais mal equipadas, e um código penal demasiado brando e tolerante, são incapazes de retirar a escumalha das ruas, e garantir a segurança aos cidadãos, o governo opta por atacar o elo mais fraco, o animal, através de legislação constitucionalmente duvidosa, certamente a merecer uma queixa para os Tribunais Europeus. O que seria expectável e desejável por parte do governo, era obrigar os proprietários destes animais, a cumprirem a legislação em vigor, nomeadamente controlo sanitário, registos e conduta cívica, agravando duramente as penas aos infractores, aproximando-se da tradição anglo-saxónica, onde os donos destes cães podem inclusivamente ser presos, e não apenas multados. Para mais, bastará que exista um cruzamento entre raças, para se contornar a legislação agora anunciada, com consequências imprevisíveis, já que as medidas não serão aplicadas fora destas 7 raças, e as caracteristicas e comportamentos de cães resultantes de mutações genéticas, desconhecidas, mantendo-se o perigo potencial.

3 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Legislar a torto e a direito tem dessas coisa.

É mais fácil mandar umas leis do que realmente dar força ás entidades fiscalizadores e apertar os verdadeiros responsáveis pela situação os donos.

Blondewithaphd disse...

É apenas mais outra das medidas prepotentes de um governo autista que se auto-intitula de esquerda e que tem tiques de ditadorzeco de meia-tigela. Desculpe o linguajar mas ando realmente a ficar farta!

Atreides disse...

A blonde até deixou de escrever em inglês, de tão farta!! ;)

Legislação a metro, é o se faz.
Quanto aos animais, seria melhor para a população se os municípios começassem a recolher os animais perdidos. Mas não, os vadios deixam-se andar e vai-se entrar nas casas das pessoas.