28/03/2008

Redução fiscal no reino da fantasia

PUBLICO - Sócrates: baixa do IVA terá efeitos na economia, nos preços e nas expectativas

-"uma descida de impostos é sempre desprezível para quem é rico mas não para quem é pobre".
-A frase acima proferida pelo primeiro ministro, encerra em si mesma uma demagogia inacreditável. Basta fazer contas, em cada 5 Euros, os preços descem 5%, mas apenas nos artigos taxados a 21%. Para preços inferiores, os arredondamentos, deixarão os preços exactamente na mesma, ou descerão 1 a 2 cêntimos. Sabendo á partida, o peso que representam bens e serviços alimentares, no orçamento das famílias mais carenciadas, os quais não irão sofrer qualquer redução, por já serem taxados de forma reduzida, reduções significativas só mesmo no sector automóvel, bem como outros artigos de elevado valor, precisamente aqueles que os mais pobres adquirem, mas só quando entram no reino da fantasia, para visitar Socrates no país das maravilhas. A descida de 1% na taxa de IVA, apesar de benéfica para as empresas, é insuficiente para o crescimento económico, ineficaz para os mais carenciados, servindo principalmente, os objectivos demagógicos e eleitoralistas do governo.

4 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Propaganda sem efeitos práticos, pura demagogia governamental.

Apenas serve para tentar dar uma doce ao pessoal com vistas em 2009.

Possivelmente para o final do ano outro e em 2009 mais um, para ir mantendo o pessoal ocupado.

Blondewithaphd disse...

Deixa ver: pasta de dentes tem 21% de IVA (é que escovar os dentes não é essencial, é mais um luxo!), custa agora 2.99 euros mais ou menos. Ora 1% será 0.029 cênts. Bolas vai-se notar à brava a descida de preços!!!

SILÊNCIO CULPADO disse...

António Almeida
Nem mais. Assino por baixo.

Um abraço

São disse...

E o pior é que eu tenho sérias dúvidas relativamente á conveniência e receio bastante as consequências!
Já me bastou Santana decretar o fim da crise!!
Bom fim de semana.