22/03/2008

Prejuízo para os consumidores

J.N. - Seis hipermercados encerrados pela ASAE

-A lei é para cumprir, nada tenho pois a opôr á actuação da ASAE, mesmo tratando-se duma lei absurda, a qual proibe os hipermercados de funcionarem em dias feriados e domingos. Para proteger o pequeno comércio não será certamente, ainda esta manhã me desloquei a uma destas superfícies, a fim de copiar uma chave que ontem á tarde parti, passei em primeiro lugar pela loja da especialidade, aqui na localidade onde resido, encontrando-se a mesma encerrada até á próxima segunda-feira, não me restando outra alternativa que deslocar-me ao centro comercial, onde existe uma loja idêntica, bastou-me esperar meia hora, entretanto aproveitada para comprar alguns artigos que faziam falta cá em casa, no hipermercado, passada meia-hora voltei á loja e já tenho a chave que necessitava. O comércio tradicional não aproveita as oportunidades da actual legislação, practicando por vezes horários parecidos com repartições do século passado, saiem penalizados os consumidores, que estão impossibilitados de adquirir o que precisam, no momento em que precisam. Apesar das petições e recolhas de assinatura, promovidas durante o ano passado, mas que ainda não mereceram atenção por parte do actual governo.

4 comentários:

NuNo_R disse...

Boa Páscoa!

e comentando o post, prefiro deixar a seguinte questão?
Não terão direito a gozar a Páscoa os empregados das lojas de comércio tradicional como acontece com a grande generalidade de trabalhadores?
É que por sorte este ano a Páscoa calhou nas minhas férias, senão estaria a trabalhar.
E não seria eu penalizado em relação aos restantes portugueses que descansam ou que estão com a sua familia e amigos nestes dias festivos ( e nem falo no Natal...)?

abr...prof...

Miki disse...

Páscoa feliz, e se puderes passa pelo meu cantinho,porque tenho lá uma petição a favor do Tibete.
Obrigada e beijo

SILÊNCIO CULPADO disse...

António Almeida
Desejo-lhe uma Páscoa muito Feliz com tudo o que desejar.

Um abraço cheio de amêndoas, folares e chocolates

Maria Manuela (M&M) disse...

E o mais irónico é que toda a gente pretende a abertura dos mesmos menos olegislador... Ganharia o consumidor, o "dono" do hiper, os putativos empregados que importaria contratar ou aqueles que aceitariam de bom grado trabalhar ao domingo... Só não percebi é o que é que o legislador ganha com estas medias.... mas tudo bem !!!