02/10/2007

Á mercê de vândalos

PortugalDiário-Gang espalhou pânico na linha de Sintra

-Vem o governo sucessivamente desmentir o crescimento do sentimento de insegurança no país, autoridades policiais evitam confirmar o aumento da criminalidade, mas notícias como esta do Portugal Diário repetem-se com cada vez maior frequência, bandos ou gangs como preferirem, na rua, ou em transportes públicos, causam disturbios, roubam quem com eles tem o azar de se cruzar, e vandalizam propriedade pública e privada, tudo na maior impunidade, desde logo por muitos deles serem frequentemente menores, logo inimputáveis, para lá de contarem com a boa compreensão do poder político, que ao elevar para 5 anos a moldura penal em que alguém pode ser colocado em prisão preventiva, na práctica permite que escumalha deste calibre continue a atormentar a sociedade, não vale a pena pensar que boa vontade e compreensão produzem algum resultado em gente desta, sem valores nem respeito pelo próximo, este fim de semana vandalizaram um comboio como forma de intimidar passageiros e funcionários da CP, no próximo atacarão o que lhes apetecer, uma bomba de gasolina, centro comercial, qualquer coisa que possa saciar a sua fúria destruidora. Como combater esta ameaça, que pesa diariamente sobre pacatos cidadãos? Quanto a mim apenas com o aumento da repressão sobre estes bandos, se insistem em não respeitar o próximo, porque tem a sociedade de os respeitar a eles? Portugal necessita claramente de polícias na rua em maior número, e sobretudo leis que retirem das ruas estes energúmenos, criando ao mesmo tempo um efeito dissuasor sobre os grupos que têm estes comportamentos, entre uma sociedade com sentimentos de insegurança e uma franja de marginalidade que se sinta reprimida e perseguida, escolho claramente esta última hipótese. E não me venham outra vez com as desculpas da exclusão, do coitadinho, porque na hora de roubar, agredir e vandalizar esta escumalha não tem contemplações nem respeito por quem quer que seja, por vezes nem pela vida humana.

2 comentários:

adriano19 disse...

Gostei imenso deste post, tenho que te dar os parabéns! Sem ofensa não quero dizer que os outros são fraquinhos nem nada parecido..

Pois eu também acho que o governo está de certa forma a esconder a realidade que ultimamente tem se verificado, e que para mim faz-me imensa confusão com as novas leis penais, teremos ainda mais problemas com esta escumalha que obviamente virá destruír a nossa sociadade, coisa que até já está desagradável.

SILÊNCIO CULPADO disse...

É indiscutível que se vem registando um aumento da insegurança sobretudo nas maiores cidades e seus subúrbios.Não podemos escamotear esta realidade sob pena de um agravamento fatal que poderá dar ensejo a outras actos revoltosos dos que entendem que o poder deve ser tomado pela força. Não estamos em boas marés e os governantes não podem continuar a deixar brincar aos polícias e aos ladrões.