24/02/2008

Ingrid Betancourt



-Passaram 6 anos desde que esta senhora, Ingrid Betancourt de seu nome, candidata á presidência da Colômbia, foi raptada por canalhas terroristas auto denominados FARC, financiados com receitas provenientes do narco-tráfico, cujo objectivo é estabelecer um regime ditatorial na Colômbia, inspirados no execrável tirano Castro, tendo por aliado o proto-ditador Chavez, e simpatias por cá, ali para os lados da Soeiro Pereira Gomes, via PCC, uma espécie de braço político destes assassinos. A minha solidariedade para com o povo Colombiano, em especial para com a família de Ingrid Betancourt, quanto aos guerrilheiros, espero que tenham o tratamento merecido por tão bárbaros comportamentos.

-Também publicado n' O Andarilho

2 comentários:

joshua disse...

António, essa heroína e magnífica activista tem feito antes e depois do sequestro um trabalho notável contra esse tipo de crime e violência. É um belíssimo Exemplo de Amor ao seu País e de Cidadania!

PALAVROSSAVRVS REX

bluegift disse...

É uma situação terrível. O governo enriquece com o dinheiro do narcotráfico, rapta os opositores e depois vem fazer figura de bom samaritano pretendendo que combate a guerrilha. Tenho a impressão que ela já não deve estar viva.