28/02/2008

Obama vs Clinton, Cleveland-Ohio



-A senadora Hillary Clinton terá perdido ontem mais uma oportunidade de marcar pontos, frente ao seu rival Barack Obama. Mais nervosa e agressiva do que no Texas, onde entretanto parece ter sido ultrapassada nas últimas sondagens, vê-lhe também fugirem apoios de alguns superdelegados, que afirmam estarem moralmente vinculados ás decisões dos seus eleitores. Com cerca de 95 delegados de atraso para Obama, e´não são mais de 150, porque apesar de tudo ainda lidera nos superdelegados, uma eventual derrota no Texas terá um efeito devastador nas hipóteses da sen. Clinton, que a esperada vitória no Ohio, apenas poderá mitigar, ganhando cada vez mais consistência a teoria que a cúpula do partido Democrata, tentará convencê-la a uma desistência honrosa. Acontece porém, que a sen. Clinton estará muito condicionada, não poderá aceitar a V.P. de alguém que combateu com o argumento da maior experiência, não pensará certamente em nova candidatura para 2016, investiu os últimos anos da sua vida e muito dinheiro, naquilo que parecia a todos mais que óbvio, ser a próxima presidente dos Estados Unidos da América. Dia 4 teremos a confirmação, mas não surpreenderá ninguém, que Obama vença o Texas, e encoste no Ohio, o que poderá aumentar a diferença para mais de 150 delegados, e aí, será mesmo o fim da questão.

6 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Pela pare da senhora Clinton, o desespero está avançar, chegou agora ao ponto de avançar com fotos de Obama com o traje tradicional da Somália, realmente esta ver a coisa a afundar.

Blondewithaphd disse...

Sen. Clinton was never my choice in the first place. But on the news what is shaking the world today is the fact that, so much like Pres. Bush, she doesn't know how to pronounce the name of the Russian President to be.

quinTarantino disse...

A derrota já está consumada há muito tempo.
Ainda ontem se viu isso no debate até na condescendência com que os jornalistas interpalavam Obama face a rispidez ante Hillary.
Eu não queria, mas às tantas ainda me vou rir a ver Mcain dar um "kick in the ass" ao menino bonito de muita gente e que conseguiu passar entre as gotas da chuva sem se molhar e, paradoxalmente, quase sem apresentar uma proposta alternativa exequível e concreta!

SILÊNCIO CULPADO disse...

António Almeida
O pior que pode acontecer a um candidato é deixar transparecer o desespero de causa. Hillary já o fez e está arrumada.
Um abraço

joshua disse...

Hill nem parece feminina tão temível e desarranjadamente aguerrida que é: se alguma vez as coisas lhe corressem bem, seriam doze anos mais quatro clintonianos na Casa Branca. Sim, porque ela foi uma vice-presidente de facto aquando das presidências do seu saxofonista marido.

PALAVROSSAVRVS REX

JOY disse...

Boas António

Também sou da opinião de que só muito surpreendentemente Hillary escapará da derrota, Falhou ao mostrar claramente o desespero no pior momento.

Joy