22/02/2008

O Gang da Lapa

-Quando penso que o PSD bateu no fundo, a actual direcção encontra sempre forma de tornar ainda maior o abismo em que o partido mergulhou. Lendo o Expresso, percebo a estratégia arruaceira de solicitar auditorias desde 2001, numa tentativa de enxovalhar anteriores lideranças, sendo bem reveladoras as palavras de Luis Filipe Menezes quando afirmou, "o meu PSD nada tem a ver com financiamentos ilegais", e agora esta pérola, "se o querem tirar "vai ter que ser à bomba", proferida na última reunião da Comissão Política. Desconheço se estas declarações foram aconselhadas pela Cunha Vaz, ou apreendidas num workshop com o gang da Ribeira, mas inclino-me para esta última hipótese.

3 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Também ouvi essa do meu PSD, se se esquece assim do passado, seguindo a lógica à que dizer que este PSD não tem nada a ver com o PSD do passado, que diga-se era muito melhor que este.

D.P.V disse...

E assim, alegremente, se entrega de bandeja uma nova maioria absoluta ao Ehgenheiro/desenhador da camara da covilhã... é triste os tiros seguidos que esta malta dá no pé...

joshua disse...

Não sei de que rumor se fazem certas notícias, mas a julgar por essa pérola, está tudo é Louco Varrido lá, onde não se pode ser louco sem consequências de maior.

Nós, bloggers, bem podemos ser loucos e suprir às necessidades. Mas eles não. Como é que se dão a esse luxo.

António, é a implosão! Isto é a implosão!

PALAVROSSAVRVS REX